Love’s Power 2.3

Não se lembra da última parte da história? Ela está aqui. Depois de lembrar continue a leitura.

Na sexta-feira de tarde minha encomenda chega. Bem a tempo. Ele conseguiu ficar a semana toda sem me chamar no whatsapp. Preciso combinar o horário com ele.

Escravo, a encomenda chegou
Me encontre amanhã as 10 no salão
Sim senhora

No sábado ele chega na hora combinada. Estamos no salão eu, uma funcionária, duas clientes que estamos terminando e mais duas esperando. Exatamente como eu havia imaginado. É hora dele começar a pagar pelo que receberá no final.

— Meninas, vocês gostariam de assistir um strip tease do meu escravo?

— Strip? Claro!

— Oba! Por isso que gosto desse salão, sempre tem uma loucura pra gente se divertir.

— Né gente. Então, você ouviu escravo. Pode ir tirando tudinho. E rebolando.

Dessa vez ele está em trajes sociais. Vai desabotoando lentamente a camisa enquanto rebola, se insinuando para cada uma de nós. Quando desabotoa o ultimo botão está na minha frente e abre de uma vez a camisa, tirando e a levantando para o alto rapidamente. Começa a girar a camisa no alto enquanto rebola e a joga na direção da minha funcionária. Com as duas mãos, desabotoa lentamente o cinto e lhe tira com uma puxada tão rápida que chega a estralar. No mesmo ritmo que rebola, golpeia com o cinto as próprias coxas. Finalmente, se senta sobre os calcanhares na minha frente e se curva, levantando o cinto para mim. Eu o pego e bato algumas vezes nas costas dele. Uau, a ideia era só envergonhar ele diante de um monte de mulheres, mas isso está sendo bem excitante.

Ele se levanta e retira os mocassins com os próprios pés, está sem meias. Leva as mãos até o botão da calça. Desabotoa. Lentamente vai abrindo o zíper. Puxando o cós para o lado para exibir a abertura e a cueca. Ao terminar de abrir segura nas laterais da calça por alguns segundos e, de repente, solta deixando-a cair até seus pés de uma vez. Retira um dos pés e com um chute do outro a lança no ar, pegando em seguida com a mão. Assim como fez com a camisa, levanta a calça e começa a girá-la no ar, enquanto rebola só de cueca. Finalmente, joga a calça na direção de meus pés.

Passando ambas as mãos por toda a área dentro da cueca, caminha lentamente em minha direção. Para na minha frente e levanta as duas mãos acima de sua cabeça. Minha excitação nesse momento é tanta, que tenho vontade de rasgar aquela cueca, jogá-lo no chão e transar ali mesmo. Mas não vou transar com ele hoje, e talvez nunca. Faço sinal para que ele termine sozinho o strip. Sem abaixar as mãos, ele se move até a cliente que estou atendendo, que repete o mesmo gesto. O mesmo com minha funcionária, depois a cliente dela, uma das clientes que está esperando e finalmente a outra. Como todas repetiram o mesmo gesto, ele vai para o centro e, com um movimento rápido, se agacha levando a cueca até os pés. Anda de quatro até mim, deixando a cueca para trás, para beijar meus pés.

CONTINUA…

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Love’s Power 2.3

  1. Pingback: Love’s Power 2.2 | Idéia Biruta

  2. Pingback: Love’s Power 2.4 | Idéia Biruta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s