Os Deuses se relacionam

Agora que você já sabe que todos os Deuses na verdade são um único e verdadeiro Deus (você mesmo) e que signos diametralmente opostos são bem mais próximos (parecidos) do que os signos vizinhos, é hora de mergulhar em mais uma ideia biruta. E dessa vez a ideia é que os Deuses mesmo sendo um só ainda assim eles conseguem se relacionar entre si. Ok, essa não ficou muito biruta, né? Mas vamos lá, vamos observar como dois ou mais Deuses podem se relacionar.

O relacionamento mais simples que poderia existir é quando os dois estão no mesmo período evolutivo, ou seja, mesmo signo, essa é a conjunção. Dessa forma os dois Deuses trabalham juntos, é como se fossem um único Deus, só que com a força de Dois. A área de atuação de cada um deles é fortalecida pela do outro e direcionada no mesmo sentido.

Eles podem estar também de lados opostos do zodíaco, o que recebe o nome de oposição, mas não confunda com briga/conflito, afinal esses signos estão em harmonia quanto a “qualidade” e o “gênero”. A oposição une as atividades dos dois Deuses na mesma “qualidade” e no mesmo “gênero”, fortalecendo-os. O único conflito que pode haver entre eles é quanto a ser mais “seco” ou “úmido”, mas isso pode ser harmonizado sem grandes dificuldades. (Se você não entendeu direito esses termos que usei, veja esse post).

Considero a relação chamada de quadratura mais difícil de harmonizar do que a oposição. Ela ocorre quando os Deuses atuam na mesma qualidade, mas no elemento de gênero oposto. Mas como nada é ruim, tudo é ponto de vista; o negócio aqui é focar não na competição entre os Deuses, mas sim na colaboração. Se um está em uma fase “masculina” e o outro em uma “feminina”, é preciso os dois sexos para gerar um filho, seja você esse filho. Além disso use a união desses Deuses para fortalecer a qualidade que os une.

Se nessas duas últimas relações tivemos elementos diferentes e qualidades iguais, podemos pensar agora na qualidade diferente com elementos iguais. Essa relação é chamada de trígono. Dessa vez o fortalecimento dos Deuses vem dos elementos e a harmonização deve ser ser feita entre as qualidades. Lembre-se que as 3 qualidades são importantes, é preciso criar algo novo, amadurecer o que foi criado e destruir o que é desnecessário ou prejudicial. Coloque cada Deus para fazer a sua parte e o elemento ganhará muita força.

Por fim, os Deuses podem estar em signos diferentes tanto no elemento como na qualidade, mas ainda assim no mesmo gênero. Essa relação (chamada de sextil) é fraca, pois apenas o gênero será fortalecido, mas ainda assim pode ser interessante de ser notada.

Só para fins de facilitar a identificação, os ângulos na ordem em que apresentei são: 0°, 180°, 90°, 120° e 60°. Quanto mais próximo do ângulo exato mais forte a relação, mas lembre-se: a natureza é contínua, não há um ponto limite em que a relação muda entre existente e inexistente; para fins práticos acho interessante considerar a janela de 5° para mais ou para menos.

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em ocultismo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s