Revisitando os Quatro Elementos

Pois é, revisitando. Ocultismo se faz assim, um passo para frente e dois para trás. Precisamos sempre voltar aos conceitos antigos para poder extrair mais alguma coisa que permaneceu oculta na primeira visita. Para escrever o último post revisitei o post sobre os gêneros e acabei me dando conta que falei da divisão em gêneros e da divisão em elementos como coisas diferentes e não são.

A primeira divisão que ocorre é entre gêneros. Nesse ponto temos a separação entre o que vai de dentro para fora (ação) e o que vai de fora para dentro (percepção). O primeiro é chamado de masculino e o segundo feminino. Pensem em termos de reprodução: quem expulsa a “semente” e quem absorve a “semente”. Esses mesmos dois princípios opostos são chamados por vários outros nomes dependendo do texto em que aparecem: quente e frio (de onde sai e para onde vai o calor), positivo e negativo (de onde sai e para onde vai as linhas de campo elétrico em partículas carregadas). Só não confundam com a dualidade bom e mau, isso é classificação humana e aqui estamos falando forças cegas.

Em seguida cada uma dessas categorias (quente e fria) são subdivididas em outras duas: a seca e a úmida. Para entender melhor esses nomes pense no significado da palavra “seca” na expressão “pancada seca” por exemplo. Ou seja, o que temos aqui é algo mais duro, bruto, forte sendo separado de algo mais atenuado, sútil, flexível. E agora sim temos os quatro elementos. O frio e seco se refere à terra, à percepção bruta, por meio dos sentidos, à matéria, àquilo que possui massa. O quente e seco se refere ao fogo, ao impulso de agir, ao desejo, ao instinto, à energia que nos move. O quente e úmido trata de como influenciamos os outros ou o ambiente sem agir diretamente, o seja ele se refere às ideias, os pensamentos, raciocínio, comunicação, é o elemento ar. E por fim, o frio e úmido se refere ao que sentimos, não pelos sentidos mas de forma mais sútil, o que gostamos ou não gostamos, nossos amores, nossas amizades e inimizades, afinidades, empatia, nossos sentimentos, a água.

Agora é com vocês, continuem e revisitem os signos. Será que terão algo a acrescentar ao que entendiam como sendo a energia de cada signo? Semana que vem eu falo mais ideias birutas que tenho sobre eles. Até lá.

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em ocultismo. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Revisitando os Quatro Elementos

  1. Pingback: Os Deuses se relacionam | Idéia Biruta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s