O sexo dos deuses

Eu li há algum tempo um livro que propunha a utilização de mais astros na astrologia, não somente os planetas novos, mas também alguns asteroides. Não concordo com a tese do livro. Não sabemos o que veio antes os mitos sobre os Deuses com nomes de planetas e a astrologia ou a observação dos próprios planetas, afinal no passado astrologia e astronomia era uma coisa só. Já para os astros nomeados recentemente podemos afirmar que seu nome não tem relação com os Deuses lendários, são apenas homenagens, portanto não devemos deduzir relações antes de observa-las cuidadosamente. Porém o livro trás uma observação interessante: A astrologia tem mais Deuses do que Deusas.

Partindo do pressuposto de que as energias (potenciais) contrárias deveriam estar equilibradas para não destruir tudo, passei a refletir melhor sobre o sexo dos Deuses e como eles se equilibram. Acabei chegando a conclusão de que eles formam 3 pares de opostos com mais um que parece ser um ponto central em cada um desses pares. Aquele que se exibe (Sol) opõe-se àquele reservado (Lua). Aquele que luta (Marte) opõe-se àquele que ama (Vênus). Aquele que cobra (Saturno) opõe-se àquele que ajuda (Júpiter). E cada dupla sempre se equilibra através da comunicação (Mercúrio). Nas duas primeiras duplas a própria mitologia diz qual pertence a que sexo, já na última ambos são retratados como homens.

Quando eu falei da diferença entre sexos falei que as mulheres estariam mais voltadas a cuidar dos outros, ajudar, aquilo que Júpiter faz. Enquanto o homem ficaria com a parte mais dura e a ação ficando para o cobrador Saturno. Mas então porque os mitos nos falam de um Júpiter masculino? Bem, a religião por muito tempo esteve intimamente ligada ao estado. Vivíamos em um mundo governado por reis, onde as mulheres deveriam ser submissas aos homens. Então, não pegaria muito bem os Deuses serem governados por uma Deusa, no mínimo as mulheres iriam questionar o poder dos homens. Hoje com a igualdade de poderes entre os sexos talvez possamos deixar que Júpiter saia do armário. Ou talvez possamos deixá-lo como homem e transformar seu pai Saturno em mulher (inclusive na cabala Saturno é atribuído à Binah, a grande mãe). O importante aqui mesmo é entender Júpiter e Saturno como dois opostos se equilibrando.

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em ocultismo. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para O sexo dos deuses

  1. Pingback: Todos Somos Um | Idéia Biruta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s