Escola Pública

Novamente vou tocar em tema politico, como de costume nada de campanhas, só um convite a reflexão. Já expliquei por que considero utopia falar em escola pública com a mesma qualidade de particular e já falei que governantes e população dizem priorizar educação e priorizam a mão de obra, mas ainda não toquei no núcleo da questão da educação pública, então vamos a ele. Afinal, o que é atualmente uma escola pública e o que ela deveria ser na minha opinião?

A primeira função de uma escola pública hoje é de depósito de seres humanos menores de idade (qualquer semelhança com presidio não é mera coincidência, mas isso é assunto para outro post). Os pais precisam trabalhar, ou fazer qualquer outra coisa, e não podem ficar cuidando de seus filhos, então o governo lhes dá um depósito para deixá-los. Isso fica claro quando a construção de creches é chamada de projeto para a educação, ou quando candidatos prometem “escola de tempo integral” deixando evidente que o importante é o tempo que a criança passa na escola e não o conteúdo que lhe é ensinado. Isso fica ainda mais evidentes nos discursos de que colocando a criança o dia todo na escola ela não terá tempo para se envolver com drogas e/ou crimes.

Além dessa função a escola tem uma função secundaria de formar mão de obra. Por isso o destaque para cursos técnicos e superiores. “Poxa biruta, mas aí não tem nada de mal, escola serve para isso mesmo.” Pois é, o problema é quem tem interesse nisso e quem paga por isso? É a velha confusão entre interesse público e interesse privado. Formação profissional é de interesse do mercado e da pessoa que se forma, não é interesse da sociedade. A função do governo é cuidar dos interesses da sociedade (utilizando o dinheiro da sociedade) e não de indivíduos ou do mercado. A carga tributaria referente a educação deveria deixar de existir e, em contrapartida o mercado e os indivíduos administrariam sua própria formação, com seu próprio dinheiro da maneira que achassem melhor.

Sou contra o que a escola pública é hoje, mas não sou contra a escola pública. Existe uma formação, que não é dada na escola pública, mas que é de interesse da sociedade. Trata-se da formação de cidadãos. Como podemos reclamar dos nossos governos se chamamos de cidadão alguém que não sabe o que um deputado faz (e ainda se candidata e ganha)? Como podemos reclamar da criminalidade se achamos normal uma pessoa viver em sociedade sem noções básicas de direito? Como podemos falar em má distribuição de renda se aceitamos que pessoas vivam no sistema capitalista sem nenhuma noção de economia? Independente das ideologias de cada um, primeiro é preciso sobreviver no sistema em que se vive, só depois é que se pode pensar em alterá-lo.

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em política. Bookmark o link permanente.

4 respostas para Escola Pública

  1. Pingback: Combate ao Crime | Idéia Biruta

  2. Pingback: Formação da Mão de Obra | Idéia Biruta

  3. Pingback: A Pena de Morte | Idéia Biruta

  4. Pingback: Links Mayhem – até Setembro/2012 (2) | Teoria da Conspiração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s