Deus – O grande bode

A mitologia grega (escrita por homens) nos conta como os Deuses gostavam de se divertir com o sofrimento dos humanos, sob o comando de Zeus ao lado de seus irmãos Poseidon e o temido Hades. Em um outro tempo e lugar desconhecidos, conta-se que o único e verdadeiro Deus, cansado de ser desprezado pelos humanos, resolveu matar todos com uma chuva que inundou o planeta inteiro. Esse mesmo Deus, mais para a frente na história, teria também ordenado que fossem apedrejados todos os que desrespeitassem seus mandamentos. Mais um tempo passou e surgiu um homem que desafiou tal ordem. Em nome de Deus, seus representantes o mataram como o pior criminoso da época (crucificado). Eis que esse homem se fez Deus e seus representantes se espalharam pelo planeta. Um Deus que não mata não pode ser Deus, e em nome do crucificado se faz uma grande perseguição e matança. Mais um tempo se passa e mais um homem entra na história para falar em nome de Deus, se diz o último profeta e rebaixa o crucificado ao posto de profeta como ele. Mais tempo, mais representantes do novo enviado de Deus, e mais matança, dessa vez o ataque mais conhecido foi contra duas torres nos Estados Unidos.

Outras religiões que eu não conheço tão bem provavelmente tem histórias parecidas com as que vocês acabaram de acompanhar no último paragrafo. E o que todas essas histórias tem em comum? Que elas aconteceram por vontade de Deus? Acho que não, se você reparar bem, o que elas realmente tem em comum é que foram feitas/contadas por homens. O ser humano tem uma capacidade enorme de produzir “burradas”, e são “burradas” tão grandes que seriam pesadas demais para jogar na conta de homens. Por isso eles precisam de um bode expiatório, não qualquer um, precisam de um grande bode: Deus.

Pegue por exemplo o último caso que eu citei e pense comigo. Você é um servo de Ala determinado a exterminar os infiéis católicos. Você consegue sequestrar um avião e já que o paraíso te espera não tem por que ter medo da morte. Você está decidido a jogar esse avião no maior simbolo de poder católico do mundo. Onde você jogaria?

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em ocultismo, política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s