A Coisa Mais Importante A Ser Aprendida No Ocultismo

Sempre que nos deparamos com uma área tão ampla como o ocultismo, o nosso primeiro impulso é ler o máximo que pudermos do assunto, esperando um dia dominá-lo totalmente. A medida que estudamos, porém, surgem mais e mais ramificações e assuntos relacionados. Chega um ponto em que percebemos que uma vida é muito pouco tempo para estudarmos isso tudo, e com essa percepção vem a pergunta: O que é mais importante que se aprenda no ocultismo?

A quantidade de respostas para essa pergunta, provavelmente é tão grande quanto a quantidade de ocultistas. Algumas das mais comuns são: trabalhar suas virtudes, melhorar sua concentração, melhorar sua capacidade de visualização, reconhecer o significado de símbolos, reconhecer sua ligação com a divindade, e por aí vai. Todas essas coisas, de fato são bastante importantes para um ocultista, mas a minha resposta é diferente destas.

A maior parte dessas respostas são coisas que você será capaz de aprender apenas estudando, tanto pela leitura, como conversas com outros que estudam o assunto, reflexões, e prática de alguns exercícios. Mas tem uma coisa extremamente importante, que por mais que possa ser aprendida, jamais poderá ser ensinada por qualquer livro ou pessoa: o bom-senso. E essa é na minha opinião a coisa mais importante a ser aprendida por quem pretende estudar ocultismo.

Com um pouco de bom-senso qualquer texto de auto-ajuda ou “ocultismo de banca de jornal” se torna uma boa fonte de estudo. Sem bom-senso, porém, até mesmo livros que pregam o amor ao próximo e perdão incondicional já foram utilizados como justificativa para queimar pessoas em praça pública (e ainda hoje são utilizados de forma semelhante, só que mais camuflados).

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em ocultismo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s