As Muletas Mágicas

Em posts anteriores vocês devem ter reparado que define a magia como algo feito em planos não materiais, embora muitas vezes visando efeitos materiais. Apesar de ninguém ter perguntado nada na ocasião, acredito que os leitores mais acostumados ao exoterismo (principalmente o de banca de jornal) deve ter se perguntado onde entra todos aqueles rituais que devem ser rigorosamente seguidos, o uso de velas, bastões, espadas, cálices, ervas, vestimentas, música, etc…

Pois bem, vocês se lembram como é difícil não pensar em macacos? Então que tal criar um ambiente a prova deles (e de qualquer outro intruso) na sua mente? Essa é a primeira função desses instrumentos mágicos que se utiliza em diversos rituais. Aprenda a eliminar os intrusos por si mesmo e você não terá mais tanta necessidade desses instrumentos.

A outra função deles é ajudá-lo a atingir o estado mental necessário a sua prática. No mesmo post em que defini magia também falei do poder da fé e disse que ele é equivalente ao poder do placebo. O placebo por definição não exerce nenhuma função fisiológica direta sobre o organismo, porém tratar um paciente com placebo cura mais do que não tratar com nada. O efeito dos instrumentos mágicos é semelhante. Teoricamente a água utilizada em rituais é só água comum, sem nenhum efeito além de matar a sede quando ingerida, mas a simbologia envolvida no elemento atrai seu pensamento a determinadas características que serão uteis para aquela magia, mas a verdadeira magia só começa a partir do ponto em que se atinge esse estado.

Domine totalmente os três elementos da magia e você não precisará mais das muletas mágicas para seguir o seu caminho. Por enquanto continue com suas muletas (eu continuo com as minhas), melhor andar com elas do que ficar parado!

PS. Quando digo que a simbologia atrai para seu pensamento alguma coisa, acho que está implícito que só funciona se você reconhece aquilo como um símbolo e lhe atribui tais características. Outra observação a ser feita sobre o mesmo trecho é que obviamente essa “atração” que citei não tem nada haver com gravidade ou magnetismo que são forças que agem na matéria, aqui estou falando de ação na mente.

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em ocultismo. Bookmark o link permanente.

4 respostas para As Muletas Mágicas

  1. Pingback: Links Mayhem (28/10 – 09/11)‏ « Jedi Teraphim

  2. Pingback: Links Mayhem (39) » O Alvorecer

  3. Pingback: Simpatias de final de ano | Idéia Biruta

  4. Pingback: Reflexões sobre a Muleta | Idéia Biruta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s