A Suástica Não É Ma

Já sei leitor, você está me chamando de nazista e me xingando com todo o poder do ser vocabulário. Então, como de costume, xingue bastante e, quando acabar os xingamentos leia o que tenho a informar.

Para entender a suástica precisamos passar por outros símbolos primeiro. Para começar, a velha ideia de que somos feitos de 4 elementos: terra, fogo, ar e água. O problema de entendimento do senso comum quanto a isso é que esses quatro elementos são símbolos, e muitos acham que quando um ocultista fala do elemento água ele está falando do elemento cuja fórmula química é H2O. Vou tentar explicar de forma curta o que representa cada um:

  • Terra representa toda a matéria.
  • Fogo representa a energia, o impulso, a paixão, a motivação, a vontade…
  • Ar representa o pensamento, a razão, a lógica, a ideia, o poder argumentativo…
  • Água representa o sentimento passivo, a empatia, o amor não possessivo, a admiração, a paz…

A essa altura acho que meus leitores já sabem que o ocultismo visa o aperfeiçoamento do ser humano, resta saber o que é perfeição. Bem, consideramos perfeição o equilíbrio, e agora sabendo que o ser humano é composto por esses quatro elementos podemos dizer que a perfeição seria o equilíbrio entre esses 4 elementos, nenhum deles sendo mais valorizado que os demais. Então surge o símbolo dessa perfeição, uma cruz com 4 braços iguais, cada um representando um elemento.

Esse símbolo, porém, não representa o ponto final de equilíbrio perfeito, pois os quatro braços mostram cada elemento separado, enquanto eles deveriam interagir a ponto de se tornar uma coisa só, uma unidade, nosso próximo símbolo: o ponto.

Nossa próxima questão é como transformar a cruz em ponto. Tenho a impressão de que um ventilador te ajudaria a descobrir isso. O ventilador refrescou suas ideias? Mas não era disso que eu estava falando. Apenas observe o ventilador, primeiro desligado, depois ligado em velocidade baixa, então vá aumentando a velocidade até a máxima, a partir daqui continue só na imaginação tendendo essa velocidade para o infinto. O que acontece? As pás do ventilador que antes eram totalmente distinguíveis foram se misturando e diluindo até que você só podia ver um ponto.

E aí, como transformar uma cruz em um ponto? Isso mesmo, girando. Só tem um problema, símbolo é desenho e não vídeo, como desenhar uma cruz girando? Bem, que tal se inspirar em um gibi? Encontre um e veja como é representado um movimento. Um traço partido do objeto/personagem que se move e indo em direção de onde ele estava antes, me parece uma boa ideia.

Próxima pergunta: Qual o sentido da rotação que devo representar? Bem, queremos que o símbolo represente a evolução da cruz para o ponto. Que tal usar o sentido que o ponteiro do relógio evolui? Me parece uma boa ideia. Ok, uma cruz de braços iguais com traços que deem a impressão de um giro no sentido horário: a suástica verdadeira!

Vejamos então a imagem da suástica em dois contextos diferentes:


Notaram alguma diferença entre as duas suásticas? Reparem bem. Qual o sentido da rotação de cada uma? “A suástica do Hitler tá invertida, que burro, dá zero pra ele.” Calma aí fã de Chaves. O Hitler não era burro, ele sabia muito bem o que estava fazendo. Ele se aproveitou de um símbolo mais antigo (com um significado profundamente arraigado) fez uma leve alteração que muitos nem perceberam e transformou em um ótimo símbolo do objetivo dele: Atingir a unidade mas não pela mistura e sim pela eliminação do que ele considerava falho, não pela evolução mas pela regressão.

E assim se corrompe um símbolo que nunca teve nada de mau!

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em ocultismo. Bookmark o link permanente.

10 respostas para A Suástica Não É Ma

  1. Pingback: As Muletas Mágicas | Idéia Biruta

  2. Rosa Maria T Maziero disse:

    Eu achei muito interessante a sua teoria sobre a essência da suástica e os quatro elementos, porém não entendi porque a suástica nazista indica o movimento no senntido horário e as suásticas antigas, que simbolizavam sorte e proteção, eram representadas em sentido anti-horário. Você pode esclarecer, por favor ? Acredito que eu não tenha entendido bem o conceito. Muito obrigada, RMTMAZIERO

  3. birutaibm disse:

    Oi Rosa, entendi o sentido contrario do que você coloca… os traços nas extremidades da cruz parecem indicar de onde veio cada braço, um rastro, e não para onde ele vai. Olhando para a suástica antiga cada braço parece se comportar como o ponteiro de um relógio (imagine um relógio no peito daquela estatua, no lugar da suástica), então sentido horário. Na versão do Hitler elas apontam para o lado oposto. Minha interpretação disso é que o sentido da primeira indica o caminho natural da evolução (o mesmo em que os ponteiro do relógio “evoluem” naturalmente). Já o objetivo do Hitler era evoluir de forma forçada eliminando o que ele considerava imperfeito, na verdade uma regressão já que ele tentava voltar para a raiz eliminando os galhos (ramificações de raças). Mas como você notou essa é minha teoria, não se limite a ela, tente conhecer outras e formular as suas próprias também, o único que poderia falar com mais certeza sobre essa divergência é o próprio Hitler, mas esse já morreu… 😉

  4. Marcos frança disse:

    pq vc acha q ele perdeu a guerra?essa ruz q tanto falam é uma cruz indiana q visava o equilibrio do universo, porém ele inverteu,fgazendo q fosse negativa,pois em sua teoria os negros e judeus .
    eram raças inferiores,ou sujas,portanto ele deveria inverte-la em positiva.para ganhar a guerra.
    a inversão dele deu vitória aos americanos quando o seu território foi invadido.

  5. Gostei da teoria, mas podia ter pesquisado um pouco mais! Hitler não inverteu a cruz ou devo dizer o “Manji” como é conhecido o simbolo no Japão ou Wàn na China. Cada um tem um significado.

    O que está no peito do Buda tem o nome de Omote Manji e significa “Misericordia Infinita” ou iluminação dependendo da ramificação budista que são centenas. Este simbolo é usado para determinar os templos, cemitérios e lugares sagrados

    Já o que está na braçadeira de Hitler é chamada de Ura Manji e significa “Intelecto ou Força” Acho que a escolha por parte de Hitler foi proposital mais distorcida.

    Os Opostos no Manji são incluídos para determinar uma harmonia intelecto com misericórdia e harmonia da força com amor assim como o “Yin e Yang”. o Manji mostra o equilibrio entre o bem e o mal, a luz e a escuridão. O manji é bem mais antigo que o Yin e Yang, se fizer uma pesquisa detalhada o simbolo é encontrado em varias civilizações. Hindu, Celta, Bali, Grega,Judaica, Asteca, Islamica, etc.

    • birutaibm disse:

      Obrigado pelo esclarecimento. O Omote eu já sabia que é bem antigo, mas o Ura achava que era invenção do Hitler mesmo… Agora que você esclareceu, percebi outra coisa: o do buda gira para a direita (caminho da mão direita) e o outro para a esquerda (caminho da mão esquerda)… devia ter visto isso antes.. hehehe

    • fatima siva disse:

      fico feliz encontrando pessoas com os mesmo pensamento. Quando defendo Hitler estou defendendo,A DIVINA teoria infinita DA REENCARNAÇAO OBRIGADO!

  6. Pingback: Os Quatro Elementos | Idéia Biruta

  7. Em que sentido giraria a suástica nazista? Horário ou anti-horário? Por que alguns a chamam sinistrógira?
    E a suástica na estátua de Buda? Seria dextrógira?

    • birutaibm disse:

      A nazista gira no sentido anti-horário (representando involução, na minha interpretação pessoal) a outra no horário (representando evolução, na minha interpretação pessoal).
      Agora se você pensar na direção de um carro, quando você deseja virar para direita, em que sentido você gira a direção? Sentido horário, certo? Por isso às vezes chamamos “girar no sentido horário” de “rodar para direita”; “girar no sentido anti-horário” chamamos de “rodar para esquerda”. A palavra dextrógira vem da palavra destro (que tem mais habilidade com o lado direito do que com esquerdo, o oposto de canhoto), e indica o sentido que ela gira (direita). Sinistrógira vem de sinistro, que nada tem a ver com mal, sinistro significa simplesmente o oposto de destro, o mesmo que canhoto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s