Apóio a discriminação

Não. Você não leu errado. Eu apóio a discriminação! Já sei vai me xingar com todo o seu repertório, tudo bem eu espero…. Acabou? Então deixa eu explicar essa idéia biruta.

Primeiramente deixe-me esclarecer o que é discriminação. Discriminação é só o ato de discriminar e não é, ou pelo menos não deveria ser, na minha opinião, crime nenhum. Ainda não entendeu? Tudo bem, vê se essa informação ajuda: discriminar significa diferenciar, distinguir, separar, tornar distinto…

Agora que você já sabe o que é discriminação, deixe-me esclarecer o que você achava que era discriminação e mostrar a diferença. Discriminação não é preconceito. Preconceito é pré-conceito, ou seja, um conceito sobre algo tomado como verdadeiro sem se fazer a devida avaliação prévia deste conceito. Também não entendeu? Ta difícil hein? Pelo menos você conhece Raul Seixas, né? Preconceito é o que ele chama de “aquela velha opinião formada sobre tudo”.

Bem, talvez exemplos ajudem a esclarecer as coisas um pouco. Se eu chamar um negro de negro, isso é preconceito ou discriminação? Isso mesmo (você respondeu discriminação, né?), mas também essa foi moleza, negro é negro e pronto, não tem nada de mais nessa frase. E se eu chamasse o cara de negro burro? Não cara, não fala só que é preconceito, elabora mais… se eu souber que o cara é burro mesmo, isso não vai ser preconceito (ou talvez seja contra o animal); mas se ele não me deu motivo para chama-lo de burro, então foi preconceito. Agora a ultima, e se eu disser que todo negro é burro? Já está me julgando rápido de mais, de novo… depende, se eu não tiver provas é preconceito, se eu tiver é só divulgação de conhecimento (mas o mais provável é a primeira hipótese mesmo).

Agora que você já entendeu a diferença tenho algo a dizer discriminadamente aos negros. As afirmações sobre negros feitas acima são apenas exemplos, e não opiniões pessoais. Assim como as dirigi a negros poderia ter dirigido a qualquer outro grupo discriminável como loiras, morenas, mulheres, homens, portugueses, homossexuais, bissexuais, heterossexuais, etc. E assim como como usei a característica burrice, poderia ter usado qualquer outra como inteligência, força, violência, etc.

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s