O outro lado do desenho: Thundercats

Vivia em paz na minha pirâmide negra aqui no terceiro mundo, até que um dia caíram aqui criaturas bastante esquisitas. Pareciam uma forma de vida híbrida de duas espécies, a humana e uma outra animal. Um grande grupo, tinha como segunda espécie algum felino e se denominavam “thundercats”. Eles não se misturavam aos demais, a quem chamavam simplesmente mutantes.

Com os mutantes consegui estabelecer um convívio amigável e mesmo não gostando muito de gatos, tentei me aproximar também dos thundercats. Mas como todos os gatos, eles se recusavam a qualquer tipo de aproximação e ameaçavam a mim, que nascera e vivera tanto tempo naquele planeta. Se achavam os donos da verdade, mas o que faziam era explorar os recursos do meu planeta e me ameaçar com a arma que tinham a ousadia de chamar espada “justiceira”. Será que algum dia tiveram idéia do que seja justiça?

Por muito tempo tentei expulsá-los daqui com a ajuda de meus antepassados, os antigos espíritos do mal. Mas era obrigado a fugir quando meu reflexo me revelava que estava velho demais para o combate. Toda a minha magia não foi suficiente para livrar meu planeta destes invasores, então resolvi pedir ajuda pelo blog do biruta.

Agradeço por qualquer ajuda recebida,
Mumm-ha, o ser eterno.

Anúncios

Sobre birutaibm

Estudo ocultismo desde os 14 anos de idade, fui iniciado DeMolay aos 17, estou me preparando para entrar para FRA (uma fraternidade rosacruz). Sou graduado em Informática Biomédica, mestre em Física Aplicada a Medicina e Biologia (mais computação que física mesmo), doutorando na mesma área. Meu perfil no Modelo de Myers-Briggs é INTJ (fiz dois testes diferentes e o resultado foi esse em ambos). Enfim ainda não sei muito sobre mim.
Esse post foi publicado em desenho. Bookmark o link permanente.

3 respostas para O outro lado do desenho: Thundercats

  1. Yuri disse:

    Adorei o texto , muito massa!

  2. André Francisco Gil disse:

    Sempre quis entender onde está o misticismo no desenho “Thundercats”?O que revela a espada justiceira,seria uma espécie de bola-de-cristal que quando acionada dá a visão além do alcance e a múmia zumbiteira que é Mumm-há,ela é imortal,eterna,por isso vai infernizar os gathundercats por toda a sua eternidade se é que eles são imortais?eu não entendo mas quero assistir e prestar mais atenção em sua simbologia.

    • birutaibm disse:

      André, não necessariamente ele tem misticismo, podemos ver coisas que os autores nem pensaram em colocar e só estão lá “por acaso”, mas de qualquer forma é um bom exercícios procurar por essas coisas. Tendo isso em mente deixe eu especular um pouco.
      Quanto à múmia, acho que não é ela imortal, mas sim o “mal”, uma espécie de energia que se manifesta através dela. Parece que o Mumm-há usa os antigos espíritos do mal, mas na verdade ele que é usado pelos espíritos. A transformação parece ocorrer na mente dele, quando ele vê o próprio reflexo se lembra que não passa de uma múmia velha, aí acaba a força dele.
      Quanto à espada, é simbolo do elemento ar (mental). Vejo ela não como um oráculo, mas sim como um talismã capaz de expandir a consciência do Lion, permitindo que ele veja o que os outros não veem. Alem disso, a posição que ele coloca a espada deixa o “olho de tandera” próximo do terceiro olho, chacra relacionado com a clarividência. O crescimento da espada também parece transmitir a mensagem de expandir a consciência para enfrentar momentos difíceis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s